Consciência Intelectual

  • Jon Brodsky
  • 24 fev 2023

A consciência intelectual não significa exatamente um intelecto voltado para ciência, filosofia, ou seja: não constitui atividades intelectuais direcionadas a ofícios específicos – algo relacionado ao eu social. Trata-se, aqui, do atributo que constitui a nossa consciência, independentemente de sua ocupação. A consciência intelectual é a percepção da realidade intelectual – não se tratando, então, de uma percepção intelectual para outros, com uma finalidade específica que visasse atender a certos grupos sociais ou econômicos. A consciência intelectual manifesta sua intelectualidade para si mesma, apesar de si – e, até contra si mesma -, pois um dos principais atributos da consciência intelectual é a honestidade consigo mesma.

As primazias da realidade e da verdade fundamentam e regulamentam toda a atividade intelectiva da consciência intelectual, e, portanto, todos que sujeitam a sua consciência intelectual à realidade e a verdade, obedecem a uma vocação. Hoje em dia, o que temos em demasia são intelectuais sem intelectualidade, que confundem seus “talentos” com “vocação”. O homem tem endeusado a razão, depositando toda a sua fé na inteligência humana, como se ela fosse a mais absoluta solução para os problemas da existência. Mas quanto mais a humanidade avança no progresso tecnológico, científico, econômico, mais fracassa e regride espiritual, social, emocional e moralmente. A humanidade se afogou no próprio vômito e tenta respirar pelo regurgito que a sufoca, pois a condição humana é ambivalente: está sufocada e perdida nas próprias ideias que ela mesma produz, e não sabe o que com elas fazer.

A inteligência é um atributo da consciência intelectual cuja função é vislumbrar a verdade – as essências da existência que estão fundamentadas na realidade. A razão humana não pode se fundamentar em suas próprias ideias, pois elas são invenções humanas – e, portanto, não estão fundamentadas na realidade, sendo como castelos ao ar, casas construídas sobre areias. A consciência intelectual não busca criar invenções para si mesma, pois suas ideias nunca corresponderão a autenticidade da existência, mas sim o que busca na existência – e sempre que se propuser a investigá-la, sempre se deparará com ocultações, mistérios e dissimulações. A realidade deve ser garimpada, buscada, desvelada, pois sempre estará ocultada – mascarada por todo nosso derredor.

Este conteúdo está bloqueado

Assine agora ou faça login para desbloquear o conteúdo!

Jon Brodsky

Jon Brodsky (Jonas Peres Loureiro). Nasceu em São Paulo, mas viveu no sul de Minas Gerais. Estudante de Medicina, deixou a faculdade para empreender no ramo de franquias nos 1990. Porém, nunca deixou sua atividade de escritor, sempre escrevendo e se aprofundando nos estudos de filosofia, frequentando seminários, lendo livros e se especializando. Foi professor da escola dominical e de estudos bíblicos. Todos os seus livros são embasados atualmente na filosofia de pensadores como Eric Voegelin,  Xavier Zubiri, Louis Lavelle, Kierkegaard, Eric Weil, Platão, Herman Dooyeweerd (Filosofia da Ideia Cosmonômica), Victor Frankl, João Calvino, Aristóteles, Ortega y Gasset, Edmund Burke, Nietzsche, Spinoza, Schopenhauer, David Hume, Kant, entre outros.

Assine nossa Newsletter!

Assine nossa newsletter por e-mail para receber artigos úteis e ofertas especiais.


    Tags populares

    #4discursos#8m#actante#Adolescente#AlainPeyrefitte#AlfredKinsey#Alienação#AltaCultura#Amadeus#AmãodeDeus#Amlet#AnaCampagnolo#Analiseliteraria#Anime#AntonioGramsci#AntonioMazzeo#Antoniorago#Antropologia#aparelhosprivadosdehegemonia#Aristoteles#Arte#artedopossivel#Artes#Artesacra#Autoridade#Beleza#biografia#Blackclover#Bleach#Boecio#Boitempo#Bokunohero#BradPitt#Brasil#Brasilparalelo#burguesia#burke#CapitalIntelectual#CapitalSocial#Caridade#CarlJung#Celsofrederico#Certeza#Chesterton#cidadania#circulodelatencia#COF#comunismo#Confiança#consciência#consciente#conservador#conservadorismo#convicção#CornelioFabro#Cornu#Cosmologia#Cosmos#Cratologia#Crianças#cristianismo#Cristo#Critica#cultura#CulturaOriental#CulturaPop#cursoonlinedefilosofia#Dalila#Deathnote#decadialetica#DecioSaes#democraciaracial#Depressão#Desenvolvimentosocioeconômico#Deus#dialetica#Dialeticasimbolica#DiaM#Dianabarros#Direita#discursivo#discurso#Divorcio#Dostoievski#Drama#EdgarAllanPoe#Edithstein#edmundhusserlcontraopsicologismo#Educação#Educaçãodomiciliar#ego#Epistemologia#epistemologiafilosofica#eraumavez#Ericvoegelin#escoladefrankfurt#Escolastica#Espírito#esquerda#Estado#Eternidade#Etzel#Evidência#Existencialismo#extremadireita#fantastico#Fariasbrito#fascismo#FaustoZamboni#Fé#feminismo#Filmes#Filosofia#FilosofiadoDireito#FilosofiadoValor#Filosofiapolítica#Filosofiatransconsciêncial#FrançoisLecoutre#FriedrichEngels#Frodo#Gênero#GeorgeOrwell#Gilbertofreyre#GordonAllport#Gramsci#Greimas#GyörgyLukács#HannahArendt#HansKelsen#Hegel#Heidegger#Histericos#Homem#Homemcomum#Homeschooler#ideologia#Igreja#Iluminismo#Império#inconsciente#Índice#IndústriaCultural#integralismo#intelectualidade#Inteligência#Inteligenciaemocional#inteligenciaeverdade#introduçãoaolavodecarvalho#Intuição#IstvánMészáros#ItaloMarsili#IvanIllich#Jakobwassermann#Japão#Jardimdasaflições#Jaspers#Jeancalvez#JeanJacquesRousseau#Joãocamilo#jornalcultural#josepaulonetto#JrrTolkien#JuanCruzCruz#JudithButler#JulianMarias#jusnaturalismo#juspositivismo#Kant#KarlMarx#KateMillett#Kierkegaard#kirk#Kollontai#korsch#Lavelle#Leiseternas#leisontologicas#LeonardoDicaprio#LeszekKolakowski#Libidodominandi#linguagem#Literatura#logoi#Logoterapia#LouisLavelle#Lukács#Luke#Mangá#Maquiavel#MargaretSanger#MaríliaMoschkovich#Marioferreira#Marlyviana#Marx#marxianos#marxismo#marxistas#marxologos#maturidade#Maurizius#Mentalidaderevolucionaria#Meszaros#Metafisica#metafisicacarvalhiana#midcult#Mídia#Midiasemmascara#Mídiassociais#Milosforman#Mito#Mozart#Mundo#NancyFraser#Nãoolheparacima#narrativo#Naruto#Natal#Naturezahumana#negacionista#neocon#neofascismo#Netflix#Nietzsche#Niilismo#Ocorvo#Ódio#Ogatopreto#ohobbit#Ohomemdonorte#Olavodecarvalho#OliveiraViana#OminimosobreOlavodeCarvalho#Ontologia#ONU#OrtegayGasset#ortodoxia#osenhordosaneis#OSilmarillion#Oswaldspengler#Otaku#Pais#pandemia#PaoloSorrentino#Pascoa#passado#Patronato#PedroLombardo#Peirce#pentadialetica#perelman#Personalidade#perspectivarotatoria#Poder#Podermoderador#Pólis#Ponerologia#popular#Portugal#práxis#presençadoser#Programanarrativo#Prudencia#Psicologia#Raskólnikov#Raymondaron#reacionarismo#realidade#realidadebrasileira#ReneGuenon#República#RevistaVeja#Revoluçãosexual#RicardoAntunes#RobertdeNiro#RobertEggers#RonaldRobson#Rosaluxemburgo#Rosenstock#Rubel#sabedoriadasleiseternas#Sacerdotes#Sade#Sansão#SantoTomásdeAquino#Semantica#SeminariodeFilosofia#Semiótica#sensocomum#SentidodaVida#Ser#Sereconhecer#Simba#Simbolo#SimonedeBeauvoir#sinceridade#Sleepers#soberba#sociedade#Sociologiadotrabalho#Stalin#Susannelanger#Tarantino#Temperamentos#TeoriadasDozeCamadas#texto#The WalkingDead#TheodoreDalrymple#tiagoamorim#TimLahaye#TokyoGodfathers#Tolkien#Tradição#Transcendente#TratadodosValores#travesti#Tribos#Triplaintuição#Trivium#Tzvetantodorov#Umanel#Unamuno#universidade#utilitarismo#Valor#Verdade#Vida#VidaIntelectual#Videeditorial#Vieira#ViktorFrankl#VirgíniaFontes#Vontadeintelectual#weilAndrewLobaczewskiAxiologiaCruzPadreBobbySimbolismoVIsalãodolivropolítico